Últimas Notícias


Servindo Voluntariamente Cabo Verde e a Humanidade

No passado 23 de agosto foi um dia de festa para a população do Porto Novo, mais precisamente da localidade de Berlim e arredores, por verem realizada um sonho há muito acalentado, pois acabava-se de inaugurar, pela Ministra da Família e Inclusão Social, Dra. Marise Rozabal, Presidente da Câmara Municipal do Porto Novo, Dr. Aníbal Fonseca e o membro do Conselho Superior da Cruz Vermelha de Cabo Verde (CVCV), Sr. José Candeias, em representação ao Presidente dessa instituição humanitária que não pode estar presente, por problemas de transporte, o Centro de dia de Berlim.

O empreendimento ora inaugurado representou um investimento de 8 mil contos, financiados em 2 mil contos pela CVCV e os restantes 6 mil contos suportados pela tesouraria municipal e pelo governo de Cabo Verde.

Ao usar da palavra a Sra. Ministra da Família e Inclusão Social enalteceu a importância do Centro, para de seguida pedir a população local que cuidem e acarinhem espaço, porque cuidar das pessoas é cuidar de Cabo Verde. “Queria aproveitar, também, para agradecer a Cruz Vermelha de Cabo Verde, pela sua participação na edificação deste e outros investimentos sociais, e também pela colaboração que vem prestando ao governo nesta pandemia, em especial no programa de apoio alimentar as famílias carenciadas”, concluiu.

Anibal Fonseca, durante a sua alocução considerou o sector social como um pilar fundamental desta edilidade, estando esta classe no município coberta por todos os apoios socias que lhes permitem viver com dignidade como o rendimento social de inclusão emergencial e de expansão, criadas em decorrência do COVID 19, assim como o rendimento solidário, para além dos cerca de 200 idosos que beneficiam de assistência social da Câmara serem atendidas diariamente por 12 cuidadoras a tempo inteiro. “Devo enaltecer que este empreendimento social, foi totalmente remodelado e encontra-se equipado para melhor servir os nossos idosos, prestando-lhes um serviço de qualidade. Ele irá servir os idosos dos povoados de Berlim, Bofador, Covoada, Figueira de Cruzinha, e zonas limítrofes complementando assim os outros já existentes no município que respondem pelos “mais velhos” das localidades de Alto S. Tomé, Cire, Ribeira das Patas, entre outras”, arrematou.

Com o sentimento do dever cumprido Anibal Fonseca afirma que “o objetivo passa agora por continuar o trabalho social, garantindo cada vez melhor qualidade de vida aos nossos idosos.

Na cerimónia de inauguração o edil da CMPN recordou o percurso de quatro anos de ação social, um trajeto “de muitas dificuldades, mas também de motivos de satisfação”.

Por seu turno, o representante da Cruz Vermelha de Cabo Verde, Sr. José Candeias, na sua intervenção fez questão de reafirmar quão importante e gratificante é cuidar dos idosos para de imediato reafirmar que é uma classe acarinhada e cuidada nas ações prioritárias da CVCV. “Enalteço a cooperação institucional existente entre a CMPN e a CVCV com o firme propósito de melhor aproveitar as potencialidades humanas e logísticas para o desenvolvimento e a implementação conjunta de programa e projetos nos vários domínios, como o de cuidar dos idosos e dos carenciados, a oferta de um camião cisterna ao município para garantir a distribuir de água potável à população mais desfavorecida são exemplos vivo disso. A Câmara Municipal de Porto Novo pode contar com a CVCV nas suas ações humanitárias”, concluiu este dirigente filantrópico.

Introduza as suas credenciais